Quais fatores considerar ao fazer uma precificação de produtos?

Quais fatores considerar ao fazer uma precificação de produtos?

 

Uma das principais dificuldade de novos empresários — e até mesmo de alguns um pouco mais experientes — é acertar na precificação de produtos. Isso se dá pela diversidade de variáveis que precisam ser analisadas antes de chegar ao valor final. Portanto, um ponto fundamental é conhecer todos os fatores que compõem esse cálculo.

Neste post, vamos falar sobre a importância de fazer uma definição correta dos preços dos produtos, além de listar os principais fatores que precisam ser considerados nessa tarefa. Além disso, vamos mostrar, também, a importância de encontrar um ponto de equilíbrio na precificação. Acompanhe!

A importância da definição correta de preços

A precificação de produtos, quando feita corretamente, gera uma série de benefícios para a empresa. O primeiro deles é a satisfação do consumidor. Isso acontece porque ele percebe que está fazendo um bom negócio e pagando um preço justo pelo produto.

Outro ponto importante é o alinhamento dos preços ante a concorrência. Afinal, se você aumentar demais sua margem de lucro, seus concorrentes podem oferecer um preço mais baixo e ficar com toda a clientela.

Por fim, uma boa precificação de produtos ajuda na melhoria dos resultados financeiros da empresa. Isso porque ela define um ponto de equilíbrio entre o que a empresa precisa faturar para cobrir seus custos e a margem de lucro possível de ser alcançada sem prejudicar a competitividade no mercado.

Os principais fatores que definem uma boa precificação de produtos

A seguir, listaremos os principais fatores que influenciam na precificação dos produtos.

Custos de produção

O primeiro fator é bastante simples, mas esconde detalhes importantes. Os custos de produção envolvem elementos como:

  • fornecedores;

  • funcionários da linha de produção;

  • funcionários administrativos;

  • aluguéis;

  • despesas recorrentes, como água, energia e internet;

  • impostos e comissões etc.

O ponto de atenção está nos custos que não estão diretamente envolvidos no processo de produção, mas que a empresa precisa arcar. Alguns exemplos são as despesas administrativas e os investimentos. Tudo isso precisa ser considerado para que o preço não fique abaixo do mínimo necessário para manter o fluxo de caixa.

Margem de lucro pretendida

margem de lucro é o percentual do preço final que sobra depois de descontados todos os custos. Obviamente, espera-se conseguir alcançar o maior valor possível. O que determinará esse percentual será o balanceamento entre os valores praticados no mercado e os custos que a sua empresa terá.

Portanto, o ponto aqui é conseguir vender pelo maior preço e, ao mesmo tempo, manter o menor custo de produção.

Valores praticados pela concorrência

Os valores praticados pela concorrência servem como um guia. Eles orientam sobre o preço máximo que seus clientes estariam dispostos a pagar pelo seu produto.

É claro que existem fatores como a qualidade dos produtos e dos materiais utilizados na fabricação que podem influenciar no balanceamento dessa equação. Mas, ainda assim, os preços dos concorrentes são fortes indicativos.

A importância de encontrar um ponto de equilíbrio

Então, diante de tudo isso, fica evidente a importância de encontrar um ponto de equilíbrio na equação que define o preço final de um produto. Portanto, é preciso tomar bastante cuidado no momento de analisar todas as informações.

Verifique se todos os custos foram listados e, ainda, se existe alguma forma de reduzi-los. Com isso, você consegue aumentar sua margem de lucro sem aumentar o preço final. Além disso, você garante que seu preço será competitivo no mercado e não gerará prejuízos aos seus cofres.

Enfim, acertar na precificação de produtos é um desafio grande, mas que não é impossível de ser alcançado. Basta seguir as dicas que demos neste artigo para garantir uma boa lucratividade em sua empresa!

Gostou deste artigo? Então acompanhe nossas redes sociais e fique atento às nossas novidades. Estamos no FacebookLinkedIn Instagram!

 

O blog da Plugmais Distribuidora está cheio de conteúdos de produtos de segurança eletrônica, redes e telecomunicação. Aprenda a agregar valor a sua venda.

Sem comentários

Cancelar