o que são cidades inteligentes

Você sabe o que são cidades inteligentes? Venha descobrir!

Novos tempos possibilitam mudanças significativas para a sociedade. E quando falamos em crescimento urbano, isso é fundamental. Afinal, o crescimento desordenado não prejudica apenas o meio ambiente, mas principalmente afeta a qualidade de vida de todos os moradores.

Com a inserção da tecnologia cada vez mais presente no meio social, surge o conceito de cidades inteligentes. Essa ideia é capaz de revolucionar o conceito de meio urbano que temos atualmente e promover um crescimento mais harmonioso e estruturado das cidades.

Continue lendo e entenda o que são cidades inteligentes e entre na nova era do crescimento urbano!

O que são cidades inteligentes?

As cidades inteligentes (ou smart cities) dizem respeito ao conceito cada vez mais em evidência da inserção de tecnologias no ambiente urbano. Elas são planejadas para fornecer bem-estar e melhor qualidade de vida para a população e gerar melhores condições econômicas, enquanto ainda traz uma maior proteção para o meio ambiente.

Assim, um dos principais pilares das cidades inteligentes é o desenvolvimento tecnológico nos mais diversos setores urbanos, desde mobilidade urbana até coleta de lixo, controle de semáforos, entre outros.

O que as cidades inteligentes representam para a sociedade?

As cidades inteligentes representam para a sociedade a possibilidade de melhorar a eficiência de atividades do dia a dia, com uma convivência harmoniosa entre os membros da mesma região e com o meio ambiente.

Assim, é possível gerar uma maior sinergia entre todos os atores sociais, melhorando a qualidade de vida de todos e garantindo o uso inteligente dos recursos naturais em longo prazo. Isso permite o desenvolvimento econômico, tecnológico e urbano de forma a não prejudicar a sociedade e a natureza, reduzindo os impactos para todos.

Torna-se, assim, uma possibilidade para garantir um futuro mais saudável, feliz e harmonioso para todos.

Além disso, quando pensamos no crescimento populacional, há uma preocupação comum: como estruturar as cidades para o aumento no número de habitantes de forma a minimizar desigualdades e problemas socioeconômicos?

Quais os principais aspectos das cidades inteligentes?

As cidades inteligentes são compostas de alguns pilares fundamentais para o seu desenvolvimento. Sem eles, não se pode dizer que estamos desenvolvendo cidades inteligentes:

  • planejamento urbano;
  • economia;
  • tecnologia;
  • meio ambiente;
  • mobilidade;
  • capital humano;
  • governança;
  • alcance internacional.

As cidades inteligentes podem ser planejadas ou, então, o conceito pode ser aplicado nos municípios já existentes, modificando ações apara promover uma maior sinergia no ambiente urbano.

Como a tecnologia está sendo injetada na vida da população?

Algumas mudanças já estão sendo implementadas nas cidades, sendo encontradas até mesmo em cidades tradicionais brasileiras. São elas:

  • monitoramento da energia;
  • monitoramento de alarmes de incêndio;
  • sistema pneumático de coleta de lixo;
  • sistemas de bike sharing;
  • aplicativos para melhoria da mobilidade urbana (como compartilhamento de carros);
  • melhoria de consumo de energia;
  • uso de painéis solares, entre outros.

Quais os principais exemplos de cidades inteligentes?

Alguns lugares são verdadeiros exemplos de cidades inteligentes. Veja os principais deles a seguir:

No Brasil está em construção a primeira cidade inteligente voltada para habitação social no mundo, em Croatá, São Gonçalo do Amarante, no Ceará, chamada de Laguna. É um projeto pioneiro, criado pelo grupo italiano Planet Idea, focado em moradores de baixa renda.

O projeto conta com:

  • sistema de coleta de lixo inteligente;
  • Wi-Fi em todas as áreas institucionais;
  • piso intertravado (água de chuva correndo diretamente para o solo);
  • sistema de reaproveitamento de água;
  • geração de energia cinética (gerada por movimentos do corpo), entre outros.

As cidades inteligentes já são uma realidade e são o futuro dos centros urbanos. Por meio desse conceito é possível ter um crescimento realmente sustentável das cidades, de forma a oferecer a estrutura necessária para que todos possam viver com conforto e qualidade de vida nesses ambientes.

Agora que você já sabe o que são cidades inteligentes, é importante frisar que a energia solar cumpre um papel importante para seu desenvolvimento por fazer parte de boa parte dos projetos sustentáveis. Que tal saber mais sobre isso?

Plugmais Distribuidora

O blog da Plugmais Distribuidora está cheio de conteúdos de produtos de segurança eletrônica, redes e telecomunicação. Aprenda a agregar valor a sua venda.

Sem comentários

Cancelar